A ciência comprova: os óculos de Clark Kent funcionam!

christopher-reeve-superman-clark-kentDois pesquisadores ingleses acabam de comprovar que os óculos que Clark Kent usa para proteger sua identidade como Superman realmente funcionam!

Trata-se de um artigo publicado pelo Journal of Geek Studies, que é produzido por pesquisadores de diferentes áreas que fazem a ponte entre a ciência e a cultura pop.

A página deles no facebook é um apanhado de notícias e artigos interessantíssimos que falam de viagem no tempo, da relação entre a Força e a matéria escura, da simulação de um apocalipse zumbi, de fósseis de hominídeos que parecem hobbits, entre outras pérolas.

Voltando ao caso dos óculos, os doutores Kay Ritchie e Robin Kramer mediram a capacidade de reconhecimento facial que nós temos em diferentes situações. Leia o artigo completo aqui.

superman

O estudo mostra que é muito fácil reconhecermos o rosto de pessoas com as quais temos familiaridade. A convivência próxima nos permite observar ao longo do tempo os traços de uma pessoa com penteados diferentes, sob diversos tipo de iluminação, de diferentes ângulos. Isso cria um repertório de referências que nos permite reconhecer rostos familiares mesmo em condições muito difíceis como em uma imagem de câmera de segurança preto e branca de baixa definição.

Essa mesma lógica funciona para a nossa capacidade de reconhecer o rosto de pessoas famosas. Em um mundo onde somos bombardeados por imagens o tempo todo, as tais celebridades estão no nosso campo de visão quase todos os dias. Embora a maior parte das imagens de pessoas famosas sejam produzidas intencionalmente, de forma cuidadosamente pensada, a frequência cria uma familiaridade que nos permite reconhecê-las facilmente. Mas nessa caso a familiaridade é fabricada, por isso é comum estranharmos quando vemos uma foto de uma pessoa famosa sem maquiagem ou sob um iluminação muito diferente.

francois-burelle-3

Essa foto é parte de um projeto do fotografo Francoise Brunelle que junta pessoas muito parecidas sem nenhum grau de parentesco.

O nosso mundo de informação rápida e enxurradas de fotos e vídeos em todos os lugares é muito diferente dos anos de 1940, quando um chapéu, um par de óculos e roupas de trabalho (naquele tempo terno e gravata), poderiam realmente esconder a identidade  de um super-herói. Com o tempo o Superman foi acrescentando detalhes ao disfarce como a postura corporal e o penteado, mas hoje mesmo tudo isso parece frágil. Ainda assim a pesquisa mostra que estar ou não de óculos muda nossa capacidade de reconhecer um rosto não familiar.

No experimento fotos de pessoas diferentes foram pareadas. Em alguns dos pares de fotos nenhuma das pessoas usava óculos, em outras as duas usavam e em um terceiro grupo de imagens uma pessoa estava de óculos e a outra não. No estudo metade do total dos pares de fotos eram da mesma pessoa e a outra metade de pessoas diferentes (mas parecidas). A precisão em determinar se as duas fotos eram ou não da mesma pessoa foi de 80,9% para o grupo de fotos em que nenhuma delas usavam óculos, e de 79,6% para o grupo de fotos em que ambas estavam de óculos. Quando as fotos apresentavam uma pessoa de óculos e a outra sem, a precisão caiu para 74%. São esses 6% de queda de percepção que impedem Clark Kent de ser reconhecido como Superman.

henry-cavill-superman

Parece pouco, no entanto, em situações como a segurança de aeroportos esses 6% podem levar a um grande número de erros de identificação. Um estudo como esse pode recomendar que em fotos de documentos oficiais as pessoas tirem os óculos, ou ainda que os documentos tenham mais do que uma única foto. A tecnologia pode ser um caminho para refinar esse tipo de norma de segurança, já que nossas pegadas pelas redes sociais podem ser facilmente rastreadas, um passaporte que estivesse “conectado” a nossas contas em diferentes sites, levaria a uma identificação precisa praticamente a prova de erro. Mas aí entra aquela clássica discussão entre liberdade e segurança (que também abordamos no nosso livro “Os Dois Lados da Guerra Civil”).

Mas no caso do Homem de Aço talvez 6% sejam realmente pouco. Ainda mais para personagens recorrentes nas histórias que tem uma grande familiaridade com o Superman e com o repórter Clark Kent. Talvez o segredo de Kal-El seja a boa e velha suspensão de crença, que vai manter o mistério e a polêmica ainda por muito tempo.

reeve

 

Anúncios

Sobre Picareta Psíquico

Uma ideia na cabeça e uma história em quadrinhos na mão.
Esse post foi publicado em Picareta Psíquico e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A ciência comprova: os óculos de Clark Kent funcionam!

  1. quiof disse:

    Antes do John Byrne, o Superman se passava por Clark Kent, isso é evidenciado no filme.
    http://www.legal.adv.br/zine/hq/hq0401e.htm

    Esse texto usa uma explicação pré-Crise outra pós-Crise
    http://www.animasan.com.br/superman-como-um-simples-oculos-pode-transformar-tanto-um-homem/

  2. Pingback: Quem é o Homem de Aço? | Quadrinheiros

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s