Armaduras e o último boom do animê no Brasil

os_12_cavaleiros_de_ouro_by_dragus85-d66v7d7

Doze Cavaleiros de Ouro e deusa Atena (Saint Seiya)

As armaduras que marcaram uma geração!

Já sabemos que existe o fascínio dos japoneses por robôs. No período pós Segunda Guerra o Japão se desenvolveu tecnologicamente e, consequentemente, isso repercutiu nos meios de comunicação em massa, como os mangás, animês e séries super-sentai (tokusatsu). São máquinas super avançadas, complexos ciborgues que carregam ainda o sentimento humano, robôs gigantes espaciais, e uma infinidade de outros. Mas há outro elemento que conhecemos que agrada muito os nipônicos: armaduras.

Ainda que personagens com armaduras sejam uma constante, podemos perceber que, em 1990, nos animês que chegaram ao Brasil, as narrativas com essa especificidade no character design foram dominantes. Vamos começar com o clássico Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya – 1986), lançado no Brasil em 1994. Essa animação traz cinco adolescentes que conquistam seu título e sua armadura de bronze. Porém, a armadura não é apenas o troféu da disputa, ela também escolhe se aceita seu cavaleiro. Não basta vencer, é preciso merecê-la.

saint-seiya-cavaleiros-do-zodiaco-android-ios

Cavaleiros de Bronze (Saint Seiya)

Pelo fato desse animê ter feito tanto sucesso, outros de gênero semelhante começaram a serem comprados e divulgados na televisão. É o caso de Samurai Warriors (Yoroiden Samurai Torûpâ – 1988), que teve lançamento no Brasil em 1996.

A couraça desses personagens também fazem parte de seus poderes, elas complementam a força do espírito, assim como a espada foi para o antigo samurai. Seus elmos trazem o símbolo de seus clãs, que neste caso são os elementos da virtude (armadura de fogo), justiça (armadura da terra), sabedoria (armadura da luz), confiança (armadura da água) e vida (armadura do céu), assim como eram as armaduras dos samurais representavam características de seu clã.

capa2nr

Samurai Warriors

Outro animê que também marcou essa geração de armaduras foi Shurato (Tenkû Senki Shurato – 1988), com exibição no Brasil em 1996. Um pouco diferente das animações citadas cujo foco é um grupo de cinco amigos, Shurato tem seu foco na relação entre dois personagens, Shurato e Gai, que se tornam inimigos, além de mais seis personagens que totalizam os oito guardiões de Vishnu, deusa hindu responsável pelo Universo.

Ao serem transportados para o mundo Celestial, Shurato e Gai recebem suas armaduras, os Shakti de Brahma. Não são apenas um elemento de proteção ao corpo, mas sim integrantes do personagem e, cada um deles possui um animal regente que é representado no seu Shakti. Essa armadura tem três formas: veda, objeto semelhante a um totem que sempre é carregado pelo guardião; valuda que, parece ser um transporte voador; e a armadura de combate, utilizada para as batalhas contra os inimigos.

c5a4fb202ad15988e50fad62f1a36897

Os oito Guardiões, Vishnu, Hakesh, Mestre Hyndra

Esse boom que podemos dizer ter começado com Cavaleiros do Zodíaco deu sequência à Samurai Warriors e Shurato e a ideia de transformação dos personagens  cativou os espectadores da televisão brasileira, dando a oportunidade de trazer outros animês como Magic Knight Rayearth e Sailor Moon. Porém, certamente a característica marcante do período são as armaduras, que fizeram história para essa geração que cultuou/cultua a cultura nipônica (animês e mangás), incentivando desenhistas a criarem histórias com personagens de armaduras míticas, fãs reproduzindo-as através dos cosplays e se tornando um clássico em convenções e afins.

Sobre Mochi

Atingiu o estado de Olhos Grandes nas ilhas do Oriente Silencioso.
Esse post foi publicado em Mochi e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Armaduras e o último boom do animê no Brasil

  1. Maurício disse:

    Em q se fundamenta pra dizer que esse foi o “último” boom do anime no Brasil? E qto a Pokémon, Naruto por exemplo?

    • Mochi disse:

      Olá Maurício!
      A fundamentação está em relação ao último boom que antecede a globalização da Internet, pois Pokémon e Naruto surgiram nas telas brasileiras quando o animê e mangá já estavam inseridos na mídia e na sociedade (brasileira) de forma reconhecida por fãs e público em geral e isso se deveu ao grande sucesso de Cavaleiro do Zodíaco, ou seja, Pokémon e Naruto foram uma febre, enquanto Cavaleiros do Zodíaco revolucionou o animê e mangá no Brasil. ^.~!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s