Pinguim: dor e preconceito

Dor e preconceito. Será que isso faz de alguém  um criminoso?

Uma interessante história acerca de um dos maiores inimigos do Batman, um homem baixo, gordo, de nariz pontudo, terno, chapéu junto de inseparável guarda-chuva. Essa história é sobre Oswald Coblepot, mais conhecido como… Pinguim.

Dor e preconceito foi lançada em cinco edições entre setembro de 2011 a fevereiro de 2012, escrita por Gregg Hurwitz e desenhada por Szymon Kudranski. O quadrinho aborda diversos pontos da vida do Pinguim, como por exemplo, sua difícil infância, suas atividades no submundo do crime e sua conturbada personalidade, mostrando ao leitor diversos acontecimentos e traumas que fizeram com que ele viesse se tornar um amargurado criminoso, frio e de atitudes cruéis.

“As pessoas odeiam o que é feio, o que é fraco. É um espelho de seus próprios medos. ”

A história começa com um bebê nascendo, esta criança era Oswald Coblepot, o Pinguim. Oswald teve um nascimento comum, porém ele adquiriu características diferentes de seus irmãos, ganhando uma aparência muito estranha conforme ficava mais velho. Pinguim foi rejeitado por seu pai desde quando nasceu, ao contrário de sua mãe que o amava.

Foi muito difícil para Oswald assimilar as relações afetivas e manter uma agradável convivência em grupo, pois sempre sofria humilhações, era alvo de piadas e chacotas na escola. Tudo isto fez com ele se isolasse mais, guardando em si ódio e rancor pelas pessoas, com exceção de sua mãe que o protegia, e as pombas que gostava de cuidar e alimentar.

Pinguim tinha uma grande admiração por sua mãe (um dos grandes pontos que mostram a humanização do personagem), que sempre o tratou bem. Isto fazia com que ele se sentisse amado e seguro, diferente de seu pai e seus irmãos que o desprezavam, fazendo brotar apenas medo e ódio. Quando Pinguim se torna um adulto muitas coisas mudam em sua vida, ele acaba sendo um dos maiores magnatas do crime de Gotham, suas ações inescrupulosas fizeram com que fosse temido por seus concorrentes e, ganhando respeito, ele não queria mais ser intimidado e inferiorizado como acontecia quando era criança.

Durante a narrativa da história é mostrado o lado frio do Pinguim, quando é desrespeitado ele simplesmente usa uma técnica que deixa em desespero quem o desrespeitou sem necessariamente matá-lo.

O Batman aparece na HQ, apenas como personagem coadjuvante. O quadrinho mostra uma oposição interessante entre Oswald e o Cavaleiro das Trevas. Pinguim não suporta ser humilhado ou rebaixado, isto fica claro quando ele começa a falar de sua influência sobre a cidade, porém em um momento da história Oswald é surpreendido pelo Batman que cai ao chão, ficando em posição de submissão, essa situação fez com que ele se sentisse acuado, desprotegido, lembrando sua terrível infância.

Pinguim aos pés do Cavaleiro das Trevas.

Pinguim aos pés do Cavaleiro das Trevas.

Uma história em quadrinhos como Dor e Preconceito faz o leitor imergir na psicologia do Pinguim, revelando suas motivações, um pouco como A Piada Mortal (Alan Moore e Brian Bolland). Um lembrete de que todos têm uma história e uma explicação para seus atos – ainda que injustificáveis.

Anúncios

Sobre Goes Murdock

Teve suas faculdades psíquicas ampliadas ao entrar em contato com as Luzes Captológicas. Nos bares de São Paulo, entre um vinho e outro, não se cansa de dizer aos amigos o poder transformador dos quadrinhos. Ler e escrever é uma necessidade diária assim como comer, e mesmo rodeado de cardápios culturais sente fome de conhecimento.
Esse post foi publicado em Goes Murdock e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s