Feliz Ano Novo com Mochitalia!

A comida que traz sorte no Ano Novo no mangá Hetalia!

Recentemente estava procurando informações a respeito dessa comida típica japonesa, o mochi, e encontrei tirinhas (yonkoma) sobre um personagem que é um mochi e está presente no mangá Hetalia, de Hidekaz Himaruya (aqui publicado pela New Pop). Mas antes de comentar sobre a tirinha, vamos explicar brevemente o que é esse bolinho de arroz.

Geralmente, em algumas culturas, temos um ritual ou comida típica para celebrar a entrada de um novo ano e no Japão não é diferente. O mochi é consumido no início de um novo ano para trazer sorte, tradição também mantida por muitas famílias de descendentes nipônicos aqui no Brasil.

Mochi (lê-se moti), é um bolinho de arroz, mas um arroz glutinoso, que é socado diversas vezes (como um ritual e com ritmo para sová-lo) até ficar uniforme. Seu formato pode variar conforme a região, porém ele é predominantemente arredondado. A forma de comer pode ser crua, assada ou frita acompanhada de um molho shoyu com açúcar, alguns ainda possuem recheio como azuki (um tipo de feijão feito de forma adocicada) ou pasta de castanhas (kuri).

mochi-alimento-doce-e1553100441864

Voltando ao mangá, Hetalia tem como contexto personagens relacionados às Potências do Eixo (Itália, Alemanha e Japão), que explorando algumas curiosidades desconhecidas sobre a Segunda Guerra, e traz também as relações diplomáticas entre as nações, apresentando características específicas de cada cultura retratada nos personagens, mas de forma cômica.

No universo Mochitalia, os mochi são criaturas autoconscientes e estranhas que se assemelham às nações do mundo, assim como em Hetalia, tanto na aparência quanto na personalidade, como se o autor estivesse fazendo uma paródia do seu próprio mangá. As nações Mochi são geralmente retratadas como sendo mochi brancos, redondos e flexíveis, tem até uma tirinha que fazem alusão ao surrealismo do artista Salvador Dalí. Bandeiras em miniatura surgem para apresentar o país daquele mochi.

omochi

Referência ao artista do surrealismo, Salvador Dalí

Nessas tirinhas são apresentados os tipos de mochi que existem e as formas que eles têm. Por exemplo, numa tirinha mostra que ele pode ser congelado, como o ice cream mochi; ou a forma quadrada que é possível encontrar em Tóquio, mas representado como a Alemanha. Porém, o mais interessante e cômico nessas tirinhas são as personalidades de cada cultura representada num mochi como por exemplo, as pessoas confundirem canadenses com americanos; a seriedade e formalidade dos ingleses etc.; expressadas pelo ponto de vista do autor, Hidekazu Himaruya. Aparecem também nas tirinhas palavras e frases na língua original de cada país, com direito a tradução em japonês, mas nem sempre fazendo sentido, apenas como forma cômica de mostrar que aquele personagem é daquele país como o mochi italiano que sempre fala “pasta”.

Esses personagens, são apresentados como nas antigas tirinhas, os yonkoma (yon = 4, koma = quadro), de cima para baixo e que eram utilizados para representar os quadrinhos cômicos japoneses, mas atualmente os gag mangás também são histórias em quadrinhos cômicos.

Esperamos que vocês possam se divertir com os mochi de Mochitalia, comendo mochi neste fim e início de ano e é o que a Mochi (Quadrinheira) deseja a vocês!

Sobre Mochi

Atingiu o estado de Olhos Grandes nas ilhas do Oriente Silencioso.
Esse post foi publicado em Mochi e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s