Macross – uma voz no espaço

Ao7w0kMQuem canta seus males espanta!

Esse ditado é  argumento central do animê Macross (1982).Macross* foi criado por Shōji Kawamori e produzido pelo Studio Nue. Este animê narra a história de uma nave-robô extraterrestre que passa a ser explorada e ocupada pelos seres humanos que descobriram sua tecnologia e resolvem levá-la para o espaço como uma cidade espacial. Ao ativar a Macross, uma raça alienígena, conhecida como Zentradi, a identifica como sendo uma antiga nave de guerra, o que leva a uma guerra com os seres humanos.

No centro da historia de Macross acontece um triângulo amoroso entre a oficial Misa Hayase, o piloto Hikaru Ichijyo e a cantora Lynn Minmay. E é Minmay quem acaba salvando toda tripulação do Macross, bem como o planeta Terra.

Mestiça de japonês com chinês, Lynn Minmay mora no sul do Japão, na ilha de Ataria, e tem a esperança de um dia poder realizar seu sonho e se tornar uma superstar. Sua teimosia a leva de uma garçonete de restaurante chinês a uma cantora famosa, não apenas na Macross e na Terra, mas no espaço, transformando-a num símbolo da paz.

 

 

A batalha entre as duas raças se inicia no momento em que os sistemas automáticos da Macross identificam as naves Zentradi no espaço e disparam uma poderosa rajada aniquilando aquela flotilha. Como reação, os extraterrestres invadem a Terra e tentam destruir Macross, mas os caças VF-1 Valkyrie das forças armadas da Terra os enfrentam para proteger a nave Macross e os civis da ilha Ataria. A população é evacuada para o abrigo de segurança, exceto por Lynn Minmay, que estava no restaureante da sua família no momento da invasão. Prestes a ser esmagada pelos gigantescos invasores Zentradi, ela acaba sendo salva por Hikaru, um piloto civil a bordo de um Valkyrie de treinamento.

vf-1-fighter-machinery

Em meio a batalha, Macross parte para o espaço e Hikaru, mesmo sendo um piloto civil, é obrigado a ir também, assim como Minmay, que fora salva por ele. Eles são os primeiros civis a embarcar na Macross em ação. Tem início uma guerra nas galáxias.

Em meio a uma fuga dramática das forças Zentradi, o Capitão Gloval, comandante da Macross, se arrisca a usar o Sistema Fold para escapar em direção à órbita da Lua. Este recurso nunca tinha sido testado e, acidentalmente, o Sistema Fold acaba arrastando toda a ilha Ataria junto da Macross. Mas ao invés da órbita lunar, a colossal nave e toda a população da ilha foram parar na beira do Sistema Solar, perto de Plutão.

Os civis que estavam no abrigo são resgatados e transportados para a Macross. Já o Sistema Fold, capaz de levá-los para a Terra de forma instantânea, desaparece e adia o retorno da Macross e toda sua tripulação, obrigados a voltar em velocidade normal. Lynn Minmay, decide abrir o restaurante dos seus tios dentro da Macross, para que os civis e militares possam se sentir na Terra.

01-Super-Dimension-Fortress-Macross

Nos episódios que se seguem, Lynn Minmay se candidata no concurso para Miss Macross, um dos seus sonhos. Depois de vencer e aos poucos se tornar uma celebridade a bordo da nave, Minmay começa ter menos e menos tempo para se encontrar com Hikaru. Este, sob comando do capitão Roy Focker e seu amigo Max Jenius, avança na carreira de  piloto de caça.

3770a37027bed016cd4dced28b32bcf5--macros-manga

Lynn Minmay se torna uma grande cantora que encanta toda a tripulação da nave, mas sua fama a distancia de Hikaru, que então se apaixona por Misa Hayase, subcomandante da Macross.

A voz de Minmay vai além das fronteiras da Macross, pois descobre-se que os Zentradi se sentem confusos com a música. Raça geneticamente engendrada para a guerra, eles não entendem o que é a emoção que sentem, já que tiveram os sentimentos suprimidos pela evolução de sua espécie. É com as canções de Lynn Minmay que Macross consegue vencer a batalha.

As músicas de Lynn Minmay, interpretada pela artista Mari Iijima, são a trilha sonora do animê. Elas se tornaram um símbolo da Macross, levando as demais séries de Macross a ter a música como um elemento fundamental na narrativa. Macross de Lynn Minmay ainda é lembrado nas outras séries, no universo de animê e mangá e Mari Iijima teve sua carreira reconhecida por causa do animê. Em 1984, foi feito o filme Macross: Do You Remeber love? e, em 1987, foi lançado o Macross: Flash Back 2012, em que aparecem cenas do filme de 1984.

 

 

 

Macross, foi um dos principais animês a ter a música como um elemento importante da história. Não era apenas um elemento acessório, uma mera trilha sonora enquanto aconteciam as frenéticas batalhas espaciais entre os caças Valkyries e Zentradis, mas determinante no desenrolar da narrativa,  uma vez que as canções de Mimmay provocaram um grave choque cultural nos invasores.

Além de videoclips e discos com a trilha sonora, as canções de Macross fizeram com que nós, espectadores, nos indagássemos sobre as razões que levam civilizações à guerra e os caminhos para a busca de entendimento, compreensão e solidariedade. Macross, além de uma rica plataforma de venda de produtos, como brinquedos e discos, se tornou célebre por ser um dos mais duradouros apelos pela paz na cultura de massa.

* Chōjikū Yōsai Makurosu ou Super Dimension Fortress Macross é o nome em japonês, mas é possível encontra-lo como Robotech, nome americano do animê. Robotech, além de ter os nomes trocados e a música dublada, teve algumas cenas modificadas, alterando um pouco a história original. No Brasil, além da versão americana Robotech, teve também a versão dublada mantendo os nomes originais e música na voz de Mari Iijima, mas com o título de Guerra nas Galáxias.

Sobre Mochi

Atingiu o estado de Olhos Grandes nas ilhas do Oriente Silencioso.
Esse post foi publicado em Mochi e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Macross – uma voz no espaço

  1. Anubis_Necromancer disse:

    Uma grnade influencia em minha vida.

  2. Stefano disse:

    Curioso que a influencia chinesa e marcante no anime. Cito tambem Shao Pai Long.

  3. Stefano disse:

    a trilha e legal tambem !!

  4. g2-14db67048861519379c09157a6cc81b3 disse:

    Macross é muito bom, mas só a primeira fase, as outras duas partes são ruins demais, não tem os personagens clássicos e os desenhos não tem o mesmo charme da primeira fase, e a historia não e nada boa.
    Aconselho que for ver, ver só a primeira parte mesmo, é a que vale a pena ser vista.

  5. TeKiLa disse:

    Toda a primeira temporada está disponível na Netflix

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s