Alan Moore x Grant Morrison – 3° episódio da S02 de Viciados em Quadrinhos

Como em qualquer disputa, as paixões falam mais alto que a razão. No caso de Alan Moore e Grant Morrison os argumentos vão desde quem teve mais ideias originais e transgrediu mais a linguagem dos quadrinhos até a comparação de datas para saber quem foi publicado primeiro, quem seria o mago mais poderoso num confronto direto, qual a influência da abundância ou da total ausência de pelos no corpo no trabalho de cada um…

imagesJá publicamos por aqui algumas impressões sobre o trabalho de Alan Moore e de Grant Morrison. Dois criadores desconcertantes, que consideram a linguagem (escrita, falada, desenhada, etc) a mais potente forma de magia. Dois autores consagrados, amados e odiados pelos fãs. Escolha o seu lado nessa épica batalha!

Alan Moore x Grant Morrison!

Um é recluso e faz criticas ferozes a indústria cultural (quadrinhos/cinema). O outro é midiático e subverte a indústria de dentro pra fora. Grant Morrison é o autor de Homem-Animal, Patrulhado Destino, Os Invisíveis, Batman: Asilo Arkham, 7 soldados, All-Star Superman, além da fase no Batman (Batman R.I.P.) e o Superman dos Novos 52. Alan Moore é o criador de V de Vingança, Watchmen, Liga Extraordinária, Do Inferno, Tom Strong, além de A Piada Mortal e o Monstro do Pântano.

E aí, para vocês qual dos dois é o melhor?

*E aqui a íntegra da batalha física que usamos nessa edição.

Anúncios

Sobre Picareta Psíquico

Uma ideia na cabeça e uma história em quadrinhos na mão.
Vídeo | Esse post foi publicado em Picareta Psíquico, Viciados em quadrinhos e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Alan Moore x Grant Morrison – 3° episódio da S02 de Viciados em Quadrinhos

  1. Gau Ferreira disse:

    Acho a disputa até injusta! Não desmerecendo Grant Morrison, que é um autor super criativo, mas Alan Moore criou obras primas! É o meu voto!

  2. Alan Moore é um precursor. Talvez não houvesse Grant Morrison se não fosse pelo caminho que Moore pavimentou. Também acho que as obras dele são mais pensadas. Moore é um grande estudioso, tanto de ocultismo (que ele muito propriamente entende como uma forma de linguagem) quanto de cultura moderna. O trabalho de Morrison é mais intuitivo e baseado em sua poderosa imaginação. Mas não sei se dá pra “escolher”. Ambos são fantásticos.
    Ah, e existe ainda outro paralelo entre eles: Morrison é careca e Moore é cabeludo 🙂

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s