Luke Cage tomando na cabeça!

Luka Cage Everyman1.jpgO campeão do Harlem tem que enfrentar os efeitos de anos de violência física nessa história do roteirista Anthony Del Col para a Marvel Digital.

Nas páginas finais da primeira edição da série Luke Cage – Everyman, o autor da história entrevista o médico Maheen Mausoof Adamson, especialista em Encefalopatia Traumática Crônica (CTE na sigla em inglês). A condição que foi inicialmente descoberta em jogadores de futebol americano causa traumas no cérebro que levam à mudanças de comportamento, de humor, limitam a capacidade cognitiva e a habilidade motora. Só é possível confirmar com precisão a existência de CET dissecando o cérebro após a morte do paciente (para saber mais como foi a descoberta dessa doença recomendo o filme Um Homem entre Gigantes, que conta a história do Dr. Bennet Omalu e sua luta contra a liga profissional de futebol americano, a NFL). Mas os sintomas e o histórico de concussões (batida na cabeça) são indícios fortes e permitem um diagnóstico.

Luke Cage Everyman2Outras pesquisas recentes como a da neurologista Kim Gorgens mostram que quase 80% da população carcerária masculina nos Estados Unidos apresenta traumatismo cranioencefálico. Entre as mulheres presas o índice é ainda maior – mais de 90%. Na análise da Dra. Gorgens a alta reincidência da população carcerária nos EUA é o resultado direto da CTE.

O roteirista Anthony Del Col (premiado por histórias que tem como pano de fundo momentos históricos como Son of Hitler e Assassins”s Creed) trás para a Marvel a pergunta: o que aconteceria se uma pessoa com superpoderes sofresse traumas internos em seu corpo como nós, seres humanos comuns? Quais as consequências de uma vida cheia de violência, ainda que seu corpo aguente muito mais que o corpo de uma pessoa normal?

Captura de Tela 2019-09-08 às 13.55.20.pngNa história a filha de Cage está com febre (Jessica Jones está em uma missão na Europa) e ele depende do sistema de Saúde dos Estados Unidos para cuidar dela. Diante das filas e dos custos altíssimos de um sistema que não é nem público nem universal, fica claro que a exclusão da população mais pobre é uma das muitas violências que motivam as ações do grande vilão da história. Nesse meio tempo, Cage descobre seu trauma encefálico e tem que lidar com os sintomas, com os cuidados com a filha e com as mortes causadas pelo vilão que insufla a população do Harlem contra os administradores do hospital.

Tanto o sistema carcerário quanto a saúde privada afetam fortemente a população negra norte americana. A soma de muitas violências institucionais e históricas tem consequências sociais, psicológicas, e agora sabemos que também têm consequências físicas que afetam milhares de pessoas.

Mais uma vez a Marvel abre espaço para o debate sobre temas atuais e urgentes da sociedade, usando seus heróis como porta-vozes dos dilemas que enfrentamos hoje.

Sobre Picareta Psíquico

Uma ideia na cabeça e uma história em quadrinhos na mão.
Esse post foi publicado em Picareta Psíquico e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Luke Cage tomando na cabeça!

  1. Pingback: Luke Cage tomando na cabeça! — Quadrinheiros – Mixtureba

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s