Garota-Ranho: o egoísmo como look do dia

O que há por trás da foto perfeita?

Por Nathalie Lourenço*

Garota-Ranho (Snotgirl volume 1: Green Hair Don’t Care) é um quadrinho criado por Brian Lee O´Malley (mais conhecido pelo célebre Scott Pilgrim) e ilustrado por Lesley Hung, publicado nos Estados Unidos pela Image Comics e com seu primeiro volume recentemente traduzido pela Quadrinhos na Cia., o selo de HQ da Companhia das Letras

A mistura tem tudo pra ser pop: uma história sobre blogueiras de moda, mostrando que as pessoas não são quem parecem ser, com pitadas de mistério e thriller policial. Em dado momento da trama, não sabemos se a protagonista matou alguém.

Mas na verdade, tudo gira em torno de identidade.

Lottie Person é uma blogueira de sucesso, bonita, tem sua própria marca e uma estagiária para ajudá-la. Mas ao contrário do que o seu blog parece mostrar, ela não é nada feliz. Tudo que é feito, mostrado, fotografado precisa se encaixar não com quem ela é, mas com uma imagem: ela não é uma pessoa, é uma marca.

A relação com as amigas, também blogueiras, é fria e distante. Ela gosta de dar apelidos, rotulando todas as pessoas que conhece. Ela perdeu o namorado para uma garota que parece querer copiá-la. Ela tem crises alérgicas que a deixam com o nariz constantemente escorrendo, daí o título da HQ.

No meio de tudo isso, Lottie começa a tomar um novo remédio e conhece uma nova garota, de quem gostaria de ficar amiga. Não por acaso, a única pessoa por quem Lottie se interessa no quadrinho é alguém em quem ela enxerga a si mesma: toma a mesma combinação improvável de café, é blogueira e até mesmo dá apelidos para as outras pessoas.

A HQ busca criticar a vida dupla que todos levamos nas redes sociais, colocando a frivolidade e o autocentrismo em primeiro plano. No fim, isso acaba atrapalhando um pouco a trama: Lottie é tão incrivelmente egoísta (ela até mesmo esquece que conhecia uma garota que trabalhou para ela) que deixamos de torcer por ela. É difícil se importar com uma personagem que não se importa com ninguém.

Essa questão pode vir a ser trabalhada (a série ainda está sendo publicada nos Estados Unidos), e a pergunta fatídica garante o interesse no próximo volume: Lottie é ou não uma assassina?

*Gosta de letrinhas em livros, quadrinhos e na sopa. De vez em quando, escreve umas groselhas aqui.

Anúncios

Sobre theredshirts

Blogueiros convidados ou que se convidam. Fale com a gente em nossa página no Facebook.
Esse post foi publicado em Red Shirts e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s